18 maio 2013

As vantagens de ser invisível (Stephen Chbosky)

Eu olhei pra essa tela por um bom tempo antes de começar a escrever alguma coisa. Primeiro, eu quero dizer que, finalmente, está aqui a minha primeira resenha. Segundo, eu sabia que só conseguiria escrever uma quando encontrasse um livro que me fizesse ter a vontade de falar sobre ele. Em geral, não sou uma pessoa que gosta de comentar muito sobre o que lê, mas sempre tem aquele. E esse foi o que me deu vontade de comentar, apesar de não conseguir encontrar palavras que expressem o que eu senti ao terminar esse livro.

"Mais íntimas do que um diário, as cartas de Charlie são estranhas e únicas, hilárias e devastadoras. Não se sabe onde ele mora. Não se sabe para quem ele escreve. Tudo o que se conhece é o mundo que ele compartilha com o leitor. Estar encurralado entre o desejo de viver sua vida e fugir dela o coloca num novo caminho através de um território inexplorado. Um mundo de primeiros encontros amorosos, dramas familiares e novos amigos. Um mundo de sexo drogas e rock n' roll, quando o que todo mundo quer é aquela música certa que provoca o impulso perfeito para se sentir infinito."

As vantagens de ser invisível foi o único livro (até o momento) que me fez sentir como se fosse escrito pra mim. A cada vez que lia "Querido amigo", imaginava que o amigo era eu. No começo, quando passei a conhecer Charlie, não consegui me conectar muito com ele, cheguei a pensar que seria apenas mais um livro com apenas mais personagens. E é a primeira vez que fui extremamente enganada.
- Charlie, a gente aceita o amor que acha que merece. (pág. 35)
Logo no começo, fui apresentada a Charlie e a sua monótona vida. Ele é o tipo de garoto que não tem amigos, seu sábado a noite é em casa com a família e nunca teve uma namorada. Após encontrar Patrick e Sam, ele começa a viver e conhecer sobre a vida. Vai a sua primeira festa, aprende tudo sobre primeiros encontros, sexo, bebidas e drogas. Aprende a se enturmar.

Chegando a metade do livro, comecei a me imaginar na pele de Charlie. Às vezes na pele de Sam, de Patrick e até na de Brad. Me emocionei, ri, até cheguei a ficar um pouco tonta. O que mais me deixou boquiaberta foi a inocência e sinceridade de Charlie. Com 16 anos, ele se comportava como uma criança. Sempre aceitando tudo, dizendo sim para qualquer coisa que pedissem a ele e nunca fazendo nada, nunca participando. Talvez seja por isso que me senti na pele de Charlie momentos depois e não mais na do amigo. Eu nunca fui o tipo de pessoa que faz as coisas, que se coloca em primeiro lugar, que diz não.

Após terminar de ler, senti que precisava sair. Que precisava falar aquilo que achava, fazer o que me dava vontade e dizer não quando eu realmente não quisesse fazer algo. Eu quis achar a música perfeita, quis andar de picape. Eu quis me sentir infinita.
(...) Depois que a música terminou, eu disse uma coisa: "Eu me sinto infinito". (pág. 43)
Uma coisa que me incomodou um pouco é que, ao chegar mais pro final, parece que o autor não sabia mais como terminar as cartas. Melhor, não sabia quando terminar as cartas. Comecei a sentir que as datas que separavam eram apenas capítulos, tanto que parei de reparar nelas. Mas como isso não afetou a estória, eu relevei. E uma coisa que me incomodou, ao mesmo tempo que me fez relacionar ainda mais com Charlie, é que ele era muito chorão. Quando eu digo muito, é bem do tipo exagerado. Acho que a cada duas cartas eu lia "comecei a chorar". Mas até agora não consegui decidir se isso era bom ou ruim. Enfim, a estória de Charlie e suas cartas me comoveram de uma tal forma que não esperei ser possível. É, definitivamente, uma leitura recomendada e favoritada! Ah, li o livro todo no mesmo dia ♥


Bom, não me matem. Eu sei que demorei para cumprir minha promessa de que escreveria uma resenha mas antes tarde do que nunca, certo? Espero que tenham gostado e que eu consiga fazer resenhas dos próximos livros. Por favor, me digam o que acharam de coração. Sei que tá faltando as especificações do livro, mas preferi não colocar. Não consegui achar um lugar onde colocar isso, então preferi deixar pra lá.

Quem quiser me acompanhar no skoob é só clicar aqui! :3

Beijão e obrigada por tudo, cupcakes ♥

22 comentários:

  1. Deu muita vontade de ler!
    curiosa :P
    amei o post
    beijoooo

    www.lynnkumoruna.com.br

    ResponderExcluir
  2. Eu quero muito muito ler e assistir As Vantagens de Ser Invisível, assim como vários outros livros que estão na minha read-list! De tudo o que eu li sobre, parece que é um livro que faz a gente se sentir mais leve, não é mesmo? Quem sabe em breve eu não começo a ler, finalmente! ^^

    Bom fim de semana, Dinha. Beijos!
    www.heyliih.com :)

    ResponderExcluir
  3. Eu estou lendo esse livro, é ótimo. Já! Já! vou fazer minha resenha haha (:
    http://garotoantigo.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Li esse livro no inicio do ano e com certeza ele está entre os melhores. É MARAVILHOSO. Incrível como um livro tão fininho pode nos ensinar tanto, ne? Confesso que eu só comprei o livro pq era do filme da "Hermione". E babei tanto, me encantei tanto que depois assisti ao filme e percebi que ele é bem parecido com o livro.

    beijos
    Kel
    porumaboaleitura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Olha sóó! Dinha Vieira escreveu uma resenha! hahahahahahaha
    Adorei, flor <3 O livro é ótimo e é um dos meus preferidos. Fico muito feliz que tenha gostado a ponto de conseguir escrever uma resenha sobre ele. E com relação ao ser difícil... Entendo a sua dor. Os livros que mais mexem conosco são os mais difíceis de serem resenhados. Mas você se saiu muito bem! <3

    Beeijos
    Bel

    ResponderExcluir
  6. Hey! Excelente primeira resenha (:
    Eu ainda não li esse livro, assisti o filme, achei meio confuso e fiquei com medo de ler o livro e não gostar .-.
    Mas sua resenha despertou minha curiosidade!

    www.moniitorando.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Estou me perguntando o motivo de você não resenhar mais vezes. Sua resenha foi impecável e me deu uma saudade do Charlie e da Sam *o*
    já viu o filme? Super recomendo. O filme só tem sentido para quem leu o livro, é muito incrível.
    Charlie é um amor total né? Me deu até saudade de ler de novo s2
    Faça mais resenhas Srta!
    http://www.valeuapenaesperar.com/

    ResponderExcluir
  8. Já estou te seguindo
    seu blog é maravilhoso, convido você e suas leitoras a conhecer meu blog
    http://toobege.blogspot.com.br/
    beijinhos

    ResponderExcluir
  9. Ainda não tinha visto o livro.
    Já gostei e tenho que ler.
    Beijos
    http://www.chiickawaii.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Tenho vontade de ler esse livro, parece ser muito bom.

    ResponderExcluir
  11. perfeita sua resenha me deu muita vontade de ler o livro ^^'

    XoXo ♥

    Blog: garotamoderninhaa.blogspot.com
    page: http://www.facebook.com/GarotaModerninha

    ResponderExcluir
  12. Eu ainda não li (HUM, NOVIDADE) mas estou bem curiosa para ler!!!!
    Ah, e Dinha, vc escreve muito bem!
    beijos e que Deus te abençõe ♥ Like a Rock, Like a Roll | Fan page|Enquete

    Aaah, e está rolando um sorteio lá no blog, onde você escolhe entre 19 prêmios! Se interessar... clique aqui para participar

    ResponderExcluir
  13. Dinha, tenho que admitir: VOCÊ foi a única blogueira que resenhou este livro e me deixou REALMENTE com vontade de lê-lo.
    E outra, assim como você já reparou, acho que temos o gosto BEEEEM parecido. Acho que vou gostar da leitura.
    Quando eu diminuir minha "lista de espera", vou comprá-lo!

    Sua primeira resenha foi simplesmente maravilhosa *-*

    Beijos e um ótimo final de semana, Lu ♥
    http://luizando.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  14. Oi Dinha. A resenha ficou perfeita, de verdade. Você conseguiu passar direitinho tudo o que sentiu durante a leitura citou informações legais sobre o livro, sem soltar spoilers.
    Ainda não li As Vantagens de ser Invisível, mas sempre que vejo uma resenha essa vontade de que eu tenho que ler o mais rápido possível, só aumenta.
    Espero poder fazer a leitura logo, estou com muita curiosidade mesmo. É bom quando lemos um livro e ele nos dá vontade de mudar, né? Tô precisando ler algo assim. :)

    Beijinhos!

    ResponderExcluir
  15. É bom quando um livro mexe assim com a gente, né?!
    Ficou ótima a sua resenha! Espero por outras, heim!

    Beijos, Entre Aspas

    ResponderExcluir
  16. Own, que linda sua resenha! Já queria ler o livro mesmo, e quero ainda mais. Não gosto de personagens chorões nem infantilóides, mas estou muito curiosa sobre >.<
    Obrigada pelo apoio, amore, é muito importante para mim <3

    Att, Line
    putmerd.blogspot.com

    ResponderExcluir
  17. Me empresta um livro ninguem quer.

    ResponderExcluir
  18. E a vontade de ler esse livro, como fica? haha
    É, todos os livros tem alguns errinhos de condução, mas se você conseguiu favoritar, tá ótimo. :)

    Um beijo,
    Luara - Estante Vertical

    ResponderExcluir
  19. Assisti ao filme e fiquei encantada.
    Aaa como eu queri ler o livro também!

    Beijos

    Moda na Janela

    ResponderExcluir
  20. Tenho muita vontade de ler esse livro. Beijão linda <3

    www.detalhesamor.blogspot.com

    ResponderExcluir
  21. tô doida pra ler esse livro *-*

    te linkei em uma tag lá no blog :}
    http://beeamoreira.blogspot.com.br/2013/05/tag-livros.html

    ResponderExcluir
  22. Oi Dinha, tudo bom? Faz tempo que não passo pelo seu cantinho!
    Quero muito ler antes de ver o filme
    Beijos

    Blog DresRouge

    ResponderExcluir

Copyright © 2013 | Design e C�digo: Amanda Salinas | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal